Aplicativo da Secretaria da Saúde registra mais de 200 mil acessos

Aplicativo foi lançado em 2017 e permite acesso a agendamento de consultas e remédios disponíveis em unidades de saúde

Aplicativo da Secretaria da Saúde permite acesso a consultas - Foto: Divulgação

O aplicativo Saúde Digital. disponibilizado pela Secretaria de Saúde de Ribeirão Preto, registrou 200.606 acessos pelos celulares de ribeirão-pretanos que dispõem da tecnologia, desde que entrou em operação, em maio de 2017. Na semana de 12 a 19 de novembro, foram registrados 5.492 acessos, sendo 5.392 via app e 100 pelo site. No mês de outubro foram 23.545 acessos, dos quais 23.024 pelo aplicativo de celulares e 521 via site.

Continua depois da publicidade

Os dados sobre acesso, atualizados nesta quarta-feira (20), são da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto (Coderp), que criou o aplicativo e vem aperfeiçoando suas funções desde o ano passado. O levantamento aponta, também, que foram feitas 11.472 instalações do aplicativo.

Para o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, os números crescentes mostram que o ribeirão-pretano está aderindo cada vez mais às tecnologias, com aplicativos que facilitam o dia a dia. “Precisamos difundir, informar as pessoas sobre as vantagens e criar o hábito de usar o ‘Saúde Digital’. Além de nos proporcionar informações úteis e importantes na palma da mão com rapidez, o aplicativo evita que o paciente se desloque até a unidade de saúde para obter informações que estão à disposição no celular”, orienta o secretário.

O aplicativo

O aplicativo Saúde Digital permite ao usuário pesquisar data, horário e local de consultas médicas, acompanhar faltas, agenda de vacinação, verificar a disponibilidade do resultado de exames, estoque de medicamentos e localizar a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

Para acessar o Saúde Digital, o paciente precisa ter em mãos o número do cartão nacional de saúde e do Hygia. Inseridos no sistema, o usuário digita seu e-mail para receber uma senha. Para começar a receber as notificações, o usuário precisa “atualizar o cadastro”, tanto no site como no aplicativo.