Abertura da UPA Sumarezinho é adiada pela terceira vez

Prefeitura alega dificuldade para contratações

Foi adiada pela terceira vez a entrega da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Sumarezinho, na Zona Oeste de Ribeirão Preto. O prefeito Duarte Nogueira (PSDB) disse em março deste ano que o posto seria aberto até o final de junho.

E no início de 2017, o atual secretário municipal de saúde, Sandro Scarpelini, afirmou que os atendimentos começariam até fim do mesmo ano. Agora, o executivo preferiu não mencionar uma nova data. Quem reclama é a população que utilizaria os serviços da unidade.

Pronto desde dezembro de 2016, a Prefeitura alega que o local ainda não começou a funcionar porque não foi viabilizada a contratação de funcionários. Uma tratativa entre a Secretaria Municipal de Saúde e a Universidade de São Paulo (USP) acontece desde o ano passado para que se estabeleça um convênio que disponibilizaria as equipes, no entanto, até agora nenhum acordo foi firmado.

Reportagem: Murilo Badessa

Nenhuma postagem para exibir