Comissão organizadora confirma cancelamento do Tanabata em 2019

Entenda qual foi o motivo da decisão

Foto: Divulgação.
Continua depois da publicidade

A Comissão Organizadora do Tanabata confirmou que, em 2019, Ribeirão Preto não receberá o tradicional festival de cultura oriental, responsável por reunir milhares de pessoas no Morro do São Bento, na zona Oeste da cidade. Segundo o comunicado oficial divulgado à imprensa, o motivo do cancelamento da festa é a “não adequação das normas para uso” do local, que deviam seguir uma série de regras publicada no Diário Oficial (D.O.) do município. 

Foto: Divulgação.

Para entender o que provocou a situação, a Reportagem procurou entender quais normas são essas e se deparou com as determinações exigidas pela Secretaria da Cultura. Entre elas, estão a presença de extintores de incêndio, lixeiras, caixas d´água, geradores e banheiros químicos, além da elaboração de planos de emergência em casos de incêndios, de proteção da vegetação existente na área e a apresentação de um plano de sonorização do evento, no qual devem ser especificados quais tipos e quantos equipamentos serão utilizados. 

“A Secretaria Municipal da Cultura, em conformidade com o Plano de Manejo do Parque do Morro de São Bento, disponibiliza os espaços específicos para a realização de atividades/eventos ao ar livre considerando os seguintes aspectos: a preservação ambiental, a preservação do patrimônio cultural, o conforto e segurança dos usuários do Morro de São Bento, levando em conta as características do evento e o público participante”, informa. 

Outro ponto citado nas regras para realização de eventos é a permissão de três pessoas por metro quadrado livre do Morro do São Bento. Isso significa que, sem palcos e barracas, o local poderia receber 11700 visitantes. Com toda a estrutura do Tanabata, esse número fica menor. 

Infelizes, fãs e apreciadores do Tanabata já organizam um ato de luto contra a falta do evento em 2019. O encontro é organizado pelas redes sociais e deve acontecer no próprio Morro do São Bento, no dia 14 de julho.