Roberto Dias é preso na CPI da Covid

A decisão partiu do presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), por entender que Dias estava em flagrante delito

Roberto Dias Foto: Gabriela Biló

O ex-diretor de logística do Ministério da Saúde Roberto Dias Ferreira foi preso nesta quarta-feira (7), na CPI da Covid. A determinação foi do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, o senador Omar Aziz (PSD-AM).

Aziz afirmou que já tinha dado várias chances a Ferreira, mas que ele havia mentido durante toda a manhã. Sendo assim, determinou que a polícia do Senado recolhesse o depoente.

“Os áudios que nós temos do Dominghetti são claros. Eu dei todas as chances, vossa senhoria não quis dizer a CPI por que tentaram tirar o senhor a primeira vez, por que que trocaram dois assessores diretos seus. E o senhor sempre se escusando de responder. Aqui o senhor fez um juramento. Chamem por favor a polícia do Senado que o senhor está detido pela presidência da CPI”, disse o presidente.

O ex-diretor foi exonerado em 29 de junho. Isso porque foi revelado que ele via pedido propina durante o processo de compra de vacinas.

Nenhuma postagem para exibir