UPA zona Norte tem construção paralisada desde 2016 - Foto: Desirée Teixeira

Paradas desde julho de 2016, as obras da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da zona Norte devem ser finalizadas ainda este ano, segundo a prefeitura. A população dos bairros da região, entretanto, esperam que, dessa vez, o prazo seja cumprido. A construções sofreu seguidos atrasos e a entrega está atrasada em quatro anos.

As imagens do local mostram, entretanto, que a prefeitura terá que correr contra o tempo. Por todo muro há concertina, mas isso não impede a deteorização de parte da estrutura.  A boa notícia é que o local é vigiado por seguranças, que impedem o vandalização e furtos no local.

A construção da UPA foi anunciada em 2010, as obras começaram em 2014 e a previsão era que a entrega ocorresse em 2015, mas o prazo atrasou e, em 2016, foram paralisadas. Agora, a Secretaria da Saúde informa que a UPA Norte será entregue no segundo semestre de 2019. O custo da obra é de R$ 3.962.017,83,

A Secretaria Municipal da Saúde informou que a obra do prédio será retomada em agosto e que a construção está 60% concluída. A administração declarou ainda que a obra foi paralisada por causa de uma série de problemas estruturais e financeiros deixados pela administração anterior.

A Upa

A construção fica na Avenida General Euclides Figueiredo, no Simioni. Contruída com 1912 metros quadrados e se estivesse em funcionamento atenderia uma população de 200 mil habitantes.

A nova UPA contará com leitos de retaguarda, sala de medicação, inalação adulto e infantil, curativos, Raio-X, eletrocardiograma, sala para serviço social, duas salas para classificação de risco, quatro consultórios pediátricos, cinco para clínica médica, além de farmácia, arquivo e dois quartos para isolamento, área para ambulância, sala de urgência, sala de higienização, setor de pronto atendimento, quatro consultórios adultos com sala de observação e posto de enfermagem, quatro consultórios infantis, com sala de observação e posto de enfermagem, salas para direção, administração, reuniões, refeitório, copa, área para armazenagem de materiais, instalações para o Samu e instalações para depósito de resíduos.