Psol vê propaganda irregular do PSL em outdoor e faz representação contra partido no Ministério Público

Partido vê indício de crime eleitoral em outdoors onde aparece a imagem de Rodrigo Junqueira, pré-candidato a prefeito em Ribeirão

Outdoor no qual Rodrigo Junqueira aparece ao lado de Bolsonaro - Foto: Reprodução

O Psol protocolou, nesta terça-feira (25) uma representação no Ministério Público (MP) onde pede investigação sobre suposta propaganda eleitoral antecipada por parte de Rodrigo Junqueira, pré-candidato do PSL à Prefeitura de Ribeirão Preto.

No entender da legenda, a publicação de outdoors nos quais Junqueira aparece ao lado de Bolsonaro configura propaganda antecipada. Pelo menos dois painéis foram instalados na cidade: um na Ribeirânia, na zona Leste, e outro na avenida Indepen­dência, no Alto da Boa Vista, na zona Sul de Ribeirão.

“Por meio de outdoors, tentando aproveitar-se da relativa popularidade do Senhor Presidente, cuja votação em nossa cidade foi expressiva, manifestamente visando alavancar sua candidatura”, afirma a representação.

Pedido

De acordo com decisão recente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a instalação de outdoors em apoio a pré­-candidato, ainda que sem pedido expresso de voto, con­figura propaganda eleitoral antecipada.

O Psol pede, no documento, que “o Ministério Público Eleitoral adote as medidas necessárias para obter a cessação imediata da propaganda ilícita com apreensão do material utilizado”, aplicando, inclusive, multa ao pré-candidato. O MP deve se manifestar nos próximos dias sobre o assunto.

Procurado, o PSL não se manifestou sobre o pedido do Psol até a publicação da matéria.

Nenhuma postagem para exibir