Governo Doria “corta as asas” de Ribeirão e descarta reabertura do comércio no sábado

Movimento envolveu entidades como Acirp e teve apoio do secretário da Saúde, Sandro Scarpelini; se passar de fase no Plano São Paulo, reabertura será só segunda

O governador de São Paulo, João Doria, fala à imprensa, após encontro com o presidente em exercício , General Hamilton Mourão - foto: Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), não atendeu aos apelos do setor empresarial e do governo municipal de Ribeirão Preto e informou que o comércio da cidade só irá abrir na segunda-feira – e isso se a mudança for confirmada na coletiva de sexta-feira do Plano São Paulo.

A hipótese havia sido levantada pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp), Dorival Balbino, durante o programa Mentoria Ribeirão 2020, na segunda-feira, e encampada pelo secretário da Saúde de Ribeirão Preto, Sandro Scarpelini, em sabatina realizada na Câmara na terça.

O objetivo da proposta era dar um fôlego na economia local, que seria impulsionada pela celebração do dia dos pais.

A secretaria confirmou que Ribeirão Preto – assim como todas as outras cidades do Estado – precisa seguir o protocolo criado pelo Plano SP. Ou seja, a atualização das fases da sexta-feira só passa a valer na segunda-feira.

Procurado, o governo do estado informou que Ribeirão Preto, assim como todas as outras cidades do Estado, “precisa seguir o protocolo criado pelo Plano SP”.  Dessa forma, a reabertura do comércio, se for autorizada pelo governo estadual, só ocorrerá na segunda-feira.

Zona vermelha

Vale ressaltar que Ribeirão Preto é a cidade que há mais tempo vive a quarentena mais restritiva no Estado de São Paulo. O prefeito Duarte Nogueira decretou as restrições em 23 de março e, desde 15 de junho, a cidade está na fase mais restritiva do Plano São Paulo.

Nesse período, os únicos modos de venda autorizados são o drive-thru e o delivery, sendo que apenas os estabelecimentos considerados essenciais, como supermercados e farmácias, têm autorização para funcionar.

Nenhuma postagem para exibir