Governo de São Paulo libera o funcionamento bares e restaurantes até 23h a partir de sexta

Seguirão este mesmo protocolo salões de beleza, atividades culturais e também esportivas; além disso, o retorno das universidades foi autorizado para 2 agosto

O Governo do Estado de São Paulo anunciou que vai mudar regras do Plano São Paulo a partir dessa sexta-feira (9). Conforme anunciado em coletiva de imprensa, realizada no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira (7), será estendido o horário de funcionamento e a ocupação do comércio.

Agora, o estado permite que bares, restaurantes, shoppings, salões de beleza, atividades culturais e esportivas funcionem até às 23h e com lotação 60% da capacidade total do estabelecimento, porém com acesso até às 22h. Antes, o horário máximo para que se mantivesse aberto era 21h com apenas 40% da ocupação.

O toque de recolher também foi ampliado para das 23h às 5h e não mais das 21h. A medida vale até 31 de julho e a Fase Emergencial se mantém, até o momento, até o próximo dia 15.

Apesar do movimento, que veio em razão da desaceleração dos indicadores referentes à Covid-19, São Paulo ainda continua na fase Emergencial, que está em vigência desde abril e vem sendo prorrogada por João Dória.

Além disso, foi autorizado o retorno das aulas presenciais, para o ensino técnico e universidades públicas e privadas do estado para o dia 2 de agosto. Para isso, a taxa de ocupação será também de 60% e com a exigência da manutenção dos protocolos sanitários, como uso de máscara, distanciamento social e uso de álcool em gel.

Nenhuma postagem para exibir