Gandini desiste da disputa e MBD deve indicar vice em coligação

Comunicado ao partido foi feito neste sábado; sigla analisa alternativas

João Gandini, pré-candidato a prefeito em Ribeirão - Foto: Redes Sociais

O juiz aposentado João Gandini comunicou ao MDB que não irá disputar as eleições de 2020 como candidato a prefeito pelo partido. A decisão, segundo fontes da legenda, é irrevogável e ocorreu por conta da indicação do candidato a vice-prefeita na chapa.

O MDB havia fechado um acordo eleitoral com o PSL no qual o partido indicaria o candidato a vice, mas Gandidi alegou que já havia assumido compromisso com Dulce Neves, do Podemos. Na impossibilidade de manter a indicação dela, Gandini informou que não irá concorrer.

A reportagem tentou falar com Gandini, mas ele não foi localizado. Pelo MDB, ninguém confirmou oficialmente. As fontes que revelaram a desistência pediram para não ser nomeadas.

Composição

Uma reunião, iniciada na manhã deste sábado (12) e que deve se estender pela tarde, deve definir o caminho do partido nas eleições 2020. Entre as possibilidades, a de mais força é a indicação do candidato a vice, seja na chapa comandada por Linconl Fernandes (PDT) – o presidente da Câmara foi oficializado hoje como candidato do partido ao Palácio de Rio Branco – ou mesmo de Sueli Vilela, lançada pelo PSB com a bênção do deputado federal Ricardo Silva.

Há, entretanto, uma chance, menor, de que o partido escolha outro candidato próprio nessas eleições. Os nomes de Alessandro Maraca e Igor Oliveira estão entre os citados.

Definições

Com a reviravolta do fim de semana, a corrida eleitoral ao Palácio do Rio Branco em Ribeirão já conta com oito candidatos. Além de Sueli Vilela e Fernandes, oficializados neste sábado, PSDB, PRTB, Patriota, PSOL, PT e Rede também confirmaram seus candidatos.

O PSDB oficializou o nome do prefeito Duarte Nogueira como candidato do partido. A chapa será composta com o PP, que indicara o vice, Daniel Gobbi.

Mauro Inácio, um velho conhecido das eleições, está de casa nova. Trocou o PSTU pelo PSOL, onde será o candidato. A assistente social Mayra Ribeiro será a vice.

No PRTB, o escolhido foi o coronel da reserva da Polícia Militar, Luís Henrique Usai, que terá a professora aposentada Sueli Albanize como candidata ao cargo de vice-prefeita.

No Patriotas, que terá chapa pura, o escolhido foi o polêmico Fernando Chiarelli, ex-vereador e ex-deputado federal, que terá o sargento aposentado Valter Vanzo Júnior como companheiro de chapa.

O PT já havia escolhido o promotor aposentado Antonio Alberto Machado como candidato, que terá a professora Elza Rossi como companheira.

Por fim, o Rede Sustentabilidade indicou o engenheiro Emilson Roveri para a disputa. O advogado Luiz Henrique Mariano será o vice.

Nenhuma postagem para exibir