O advogado e administrador público Felipe Elias Miguel, 37, assumiu nesta sexta-feira (10) o cargo de secretário de Educação de Ribeirão Preto. Desde o pedido de exoneração de Luciana Rodrigues, a pasta vinha sendo comandada interinamente pelo secretário de governo, Alberto Macedo. Elias Miguel já trabalhava na gestão municipal como diretor financeiro da Companhia Habitacional Regional da cidade (Cohab) e não conciliará as funções.

Durante o anúncio, o novo secretário definiu a mudança como o “maior desafio da carreira” e reconheceu as dificuldades do segmento. “Precisamos melhorar a qualidade ensino, a estrutura das unidades e acabar com o déficit de vagas existente”, declarou.

Questionado sobre a atual situação do Centro Atenção Integral à Criança (Caic) Antônio Palocci, reaberto e fechado na última quarta-feira (10), disse que já nesta segunda (13) vai sentar e analisar uma possibilidade que não prejudique os alunos.

Questionada sobre o relatório do que foi feito no local, que deve ser enviado ao Ministério Público, a Prefeitura ainda não se pronunciou.

Além disso, Miguel não deixou de citar a greve dos servidores, em vigor desde 10 de abril, e alegou que também vai estudar maneiras de fazer com que o calendário escolar dos estudantes não sofra prejuízos. Por Lei, todas as escolas devem cumprir, ao menos, 200 dias letivos por ano.

À Reportagem, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) informou esperar do secretário “foco permanente na qualidade de gestão, otimização dos recursos financeiros, humanos e materiais da pasta e também o entendimento da importância da Educação para o futuro da cidade”.

Experiência

Felipe Elias Miguel explicou nunca ter trabalhado com Educação, mas afirmou que a experiência nas áreas de finanças e gestão são fundamentais para o desenvolvimento da secretaria. O advogado e administrador também é especializado em economia e mestre em administração de negócios.