Fase Emergencial é prorrogada pelo governo do Estado de São Paulo

Segundo o governador João Doria a medida foi adotada devido aos indicadores da pandemia no estado

O Governo do Estado de S. Paulo anunciou, nesta quarta-feira (9), a prorrogação da Fase Emergencial do Plano São Paulo até 30 de junho. Segundo o governador João Dória, a decisão veio em razão do aumento de indicadores da pandemia no estado.

A medida partiu do Centro de Contingência da Covid-19 e manterá as regras que estão vigentes referente ao funcionamento de estabelecimentos comerciais e regras de atendimento.

Desta forma, continua em vigor o horário de atendimento para o comércio e serviços das 6h às 21h, com taxa de 40% e ocupação e toque de recolher das 21h às 5h, assim como a recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores do comércio, serviços e indústrias.

A expectativa era para que houvesse um relaxamento nas medidas a partir de segunda-feira (14).

A definição do que deve abrir e fechar, entretanto, deverá ser anunciada pelo prefeito Duarte Nogueira que deve se pronunciar sobre as medidas nas próximas horas.

Nenhuma postagem para exibir