Confira as últimas notícias sobre as eleições 2020 em Ribeirão

Veja os detalhes da cobertura do Grupo Thathi nas eleições em Ribeirão Preto

Vou ter mais votos do que diz o Ibope, afirma Roveri

Emilson Roveri (Rede) votou no Centro Universitário Barão de Mauá, na região central, às 10h. Ele criticou as pesquisas eleitorais – na qual não foi mencionado, segundo o Ibope. “As pesquisas divulgadas possuem margem de erro muito grande, e isso prejudica os candidatos com menor intenção de voto. Certamente vou ter mais votos do que o Ibope diz”, afirmou

Já o Coronel Usai (PRTB) votou às 10h30, na escola Waldorf Guimarães Rosa, na City Ribeirão. Sexo colocado nas pesquisas com 4% das intenções de voto

Mauro Inácio elogia campanha

O candidato Mauro Inácio (Psol) votou na manhã deste domingo (15), na Escola Municipal Dom Luís do Amaral Mousinho, nos Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto.  Mauro Inácio afirmou que a campanha foi positiva e declarou que, caso não esteja no segundo turno, irá debater, com o partido, o que será feito no segundo turno. “O Psol vai aguardar o resultado das urnas no primeiro turno para na sequência reunir a direção e militantes para debater qual posição política será tomada no segundo turno”, disse.

Mauro ainda declarou que o partido é oposição a Nogueira. “Somos oposição ao Bolsonaro, à Nogueira e seguiremos na oposição a qualquer governo de turno do campo na burguesia. Não posso agora assumir qualquer posição pública sem a deliberação das instancias internas do meu partido”, disse Mauro Inácio.

Caixe descarta apoio a Nogueira

Vanderlei Caixe (PCdoB) votou, por volta das 11h30, no colégio Marista, centro de Ribeirão, e afirmou que espera um bom desempenho nas urnas. Sobre a situação da eleição na cidade, ele afirmou que não irá dar apoio ao prefeito Duarte Nogueira (PSDB) em eventual segundo turno. “Pelo cenário que se avizinha na pesquisa, iremos apoiar a Suely Vilela no segundo turno. Não há possibilidade de apoiar o prefeito Duarte Nogueira”, disse.

Cris Bezerra fala sobre a força da mulher

A candidata Cris Bezerra (MDB) votou, por volta das 11h50, na escola João Augusto de Mello, no Jardim Independência. “Estou muito feliz de ter chegado até aqui e feito a campanha dos meus sonhos. Uma proposta propositiva, que falou de amor”, disse. Cris também desejou sorte a quem for eleito e comentou sobre a relevância da mulher para a atual eleição. “A mulher que faz tanto, que tem tanta coisa boa, tanta sensibilidade”, disse. Sobre o segundo turno, afirmou que, se lá estiver, tentara aglutinar todas as forças. “Vamos falar com todos para fazer uma só corrente”, disse.

Duarte Nogueira fala em Ibope pouco generoso

Por volta das 10h10, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) vitou no colégio Marista, região central de Ribeirão Preto e considerado o maior colégio eleitoral da cidade. Acompanhado de sua assessoria e do candidato a vereador Maurício Gasparini, Nogueira falou com eleitores e deixou o local na sequência. Em rápida entrevista à imprensa, questionou os resultados da última pesquisa Ibope, na qual, em simulação de segundo turno, aparece tecnicamente empatado com Suely Vilela (PSB). “A pesquisa não tem sido generosa com a gente”, disse.

Suely se diz confiante

A candidata Suely Vilela (PSB) votou, por volta das 9h40, na manhã deste domingo (15), na sede da Adevirp (Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto), no Jardim Irajá, zona Sul da cidade.  Ela comemorou o resultado das pesquisas, que a colocam em um eventual segundo turno contra o prefeito Duarte Nogueira (PSDB). “Vamos aguardar o resultado e comemorar depois que a apuração terminar. Até lá, o trabalho continua, mas não podemos negar que nossa candidatura cresceu e que temos a menor rejeição para enfrentar o atual prefeito”, disse a candidata.

Machado vota na Adevirp

O candidato Antonio Alberto Machado (PT) votou, por volta das 9h30, na Adevirp. Ele demonstrou tranquilidade e falou sobre a falta de debates na cidade. “O ribeirão-pretano debateu pouco os seus problemas”, disse. Sobre a última pesquisa Ibope divulgada na noite de sábadp (14), valorizou o avanço demonstradado. “Saímos de 2% para 10% em 45 dias. Se houvesse mais um mês de campanha, poderíamos vencer. Considero uma vitória”, disse ele, que afirmou, ainda, que o PT irá dialogar sobre eventual apoio a um outro candidato no segundo turno. “Pessoalmente, não estou disposto a apoiar projetos neoliberais”, disse.

Chiarelli vota

O candidato a prefeito Fernando Chiarelli votou cedo na Escola Estadual Santos Dumont, no SUmarezinho, zona Oeste de Ribeirão Preto, acompanhado por correligionários e seguranças. Na noite de sábado (14), chegou a divulgar um vídeo onde afirmava que corria risco de vida e que estava sofrendo ameaças. Antes de acessar a urna, manifestou seu mote de campanha e debates criticando adversários. Não usava máscara durante o tempo que lá esteve e voltou a manifestar a certeza de vitória no primeiro turno.