Não passou: Câmara acata veto de Nogueira à lista de remédios

Projeto previa a divulgação pela Internet de medicamentos em estoque nas farmácias municipais de Ribeirão Preto

Sessão foi rápida e sem polêmicas - Foto: Thaisa Coroado/Câmara de Ribeirão Preto

Em uma sessão rápida e sem polêmicas, a Câmara de Ribeirão Preto acatou o veto do prefeito Duarte Nogueira (PSDB) o projeto de lei do vereador Brando Veiga (Republicanos) que determinava a divulgação pela internet de uma lista com os medicamentos em estoque nas farmácias municipais, além de criar o agendamento online para a retirada. O próprio parlamentar sugeriu que os vereadores mantivessem a decisão.

Nas razões de veto, Nogueira afirmou que boa parte das informações que o projeto pretendia tornar públicas já estão disponíveis online.

Sobre o agendamento de retirada, o prefeito alegou que nem todos os pacientes conseguiriam executá-lo, o que geraria um “privilégio” a quem consegue usar a tecnologia.

Homenagens

Sem discussão, a Câmara aprovou dois projetos para prestar homenagens: uma sessão solene em comemoração ao aniversário da Faculdade de Medicina da USP, que será realizada em agosto, e um título de cidadão, concedido ao comunicador Rodrigo Pagliani Simonato.

Por fim, os vereador liberaram ainda a abertura de um crédito adicional de R$ 1,5 milhão no orçamento da Secretaria municipal de Esportes.

Nenhuma postagem para exibir