Baleia falta e Ricardo Silva vota sim a previsão de aumento no fundão eleitoral

A medida estava contida na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e flerta com a possibilidade de ampliação do fundão de R$2 bilhões para R$ 5,7 bilhões

Deputados durante sessão na Câmara - Foto: Divulgação

O deputado federal Ricardo Silva (PSB) votou a favor a aprovação da previsão do aumento do fundo eleitoral para as eleições de 2022 e Baleia Rossi (MDB) não esteve presente no plenário, nesta quinta-feira (15).

A medida estava contida na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e flerta com a possibilidade de ampliação do fundão de R$2 bilhões para R$ 5,7 bilhões, conforme sugestão do relator Juscelino Filho (DEM-MA).

Ambas as assessorias de imprensa foram procuradas pela reportagem da reportagem da Thathi e, até a publicação do texto, não obteve reposta do emedebista.

Em nota o Silva afirmou que votou a favor à LDO e caso votasse contra, estaria se posicionando contra o Brasil. Além disso, ressaltou que a medida não significa uma ampliação automática e, quando a ampliação for discutida seu voto será contrário.

“Essa lei não aumenta nada, pois apenas traça as diretrizes de aplicação do orçamento. Eu não poderia votar contra a LDO, pois seria uma irresponsabilidade travar o Brasil e, inclusive, investimentos em vacinas, saúde, educação. Como não há aplicação imediata para o fundão eleitoral, votei a favor da LDO”, afirmou.

A LDO é votada todo ano para apontar as prioridades do governo de cada ano por meio de um balanço do que será arrecadado e o que será gasto. Nela, por exemplo, entram as metas para o salário mínimo e o aumento de impostos.

A medida precisa ser enviada sempre até o dia 15 de abril, ao Congresso Nacional, e votada sempre antes do recesso parlamentar que acontece no dia 17 de julho. Caso não seja apreciada as “férias dos congressistas” são adiadas.

Nenhuma postagem para exibir