3° oitiva sobre CPI das ambulâncias acontece hoje na Câmara

A oitiva está marcada para acontecer às 9h, no plenário da Câmara Municipal de Ribeirão Preto

Ambulância contratada para prestar serviço para a prefeitura - Foto: Jean Corauci

A Comissão Parlamentar de Inquérito que apura a dispensa de licitação na locação de ambulâncias para o programa de assistência médica emergencial – Samu, no valor de R$ 1.1 milhões realizará a terceira oitiva na manhã desta terça-feira (2), às 9h.

A oitiva acontecerá no plenário da Câmara Municipal de Ribeirão Preto, e serão ouvidos como convidados os proprietários da empresa Viva Mais Saúde  Juliana Conceição, João Renato Cabrera e Michael David Gama, lotado na Secretaria Municipal da Administração.

O objeto da CPI é apurar a dispensa de licitação na locação de ambulâncias para a secretaria municipal da saúde, pelo valor de R$ 1.1 milhões, enquanto existem diversos veículos sem utilização abandonados em pátios da prefeitura. 

Histórico

23 de abril – Protocolado no Ministério Público uma representação para apuração de possível crime e improbidade administrativa na contratação das ambulâncias na Promotoria Criminal, Saúde Pública e Cidadania e entrada do requerimento para instalação da CPI na Câmara Municipal de Ribeirão Preto.  

11 de maio – Polícia Federal faz busca e apreensão de documentos: Locais: Sede da empresa S.O.S Assistência Médica Familiar, responsável pelo aluguel das ambulâncias, casa do sócio da empresa S.O.S Assistência Médica Familiar, setor de compras da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. 

14 de maio – Instalação da CPI por videoconferência. Membros da CPI: Orlando Pesoti, (Presidente), Alessandro Maraca, (Vice- Presidente), Renato Zucoloto, (Relator), Marinho Sampaio, Paulo Modas e Jean Coraucci. 

15 de maio – Após a instalação da CPI, 3 ambulâncias, que estavam paradas desde outubro de 2019, foram emplacadas e estavam prontas para uso.

Nenhuma postagem para exibir