Vídeo | ONG de vereadora é denunciada por maus-tratos a animais em Bebedouro

Em vídeos e imagens divulgadas nas redes sociais, protetoras que não quiseram se identificar mostraram animais mortos e feridos; Polícia disse que investiga o caso

Animais foram encontrados mortos e feridos Foto: Rede social

Uma ONG de Bebedouro foi denunciada por maus-tratos a animais, após vídeos e imagens de cães mortos e feridos terem sido divulgados nas redes sociais. Na manhã desta sexta-feira (24), a Polícia Civil da cidade confirmou a informação e disse que o Ministério Público abriu um inquérito para investigar o caso. 

A denúncia, feita por duas protetoras que não quiseram se identificar, é referente à ONG Dona Zuleika, coordenada pela vereadora Mariângela Mussolini, do Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Localizada na Estrada Municipal Abatedouro, no Jardim Ciranda, o local reúne diversos cães e gatos, vítimas de abandono e maus-tratos. 

Entretanto, em imagens que circulam pelas redes sociais, diversos cães aparecem com ferimentos e, até mesmo, mortos. Em um áudio, uma moradora conta que o caso foi relatado para Mariângela diversas vezes, porém a parlamentar não agiu a respeito. 

“Isso vem acontecendo há dias. Vem acontecendo e as pessoas que trabalham lá, que cuidam desses animais, estão cansadas da negligência da vereadora, porque ela faz vista grossa”, relatou. 

A mulher contou ainda que a vereadora colocou os animais recém-recolhidos junto aos outros que estavam lá, sem passar por tratamento. “Inclusive essa cachorrinha preta que está toda machucada, arrebentada e morta, era cega. Aí foi jogada no meio da outra matilha, eles matam mesmo”.

O vídeo abaixo registra o momento em que a cachorra em questão foi encontrada. Confira: 

Em nota, a Polícia Civil de Bebedouro confirmou o caso e informou que um inquérito policial foi instaurado pelo Ministério Público para apurar a denúncia de maus-tratos domésticos contra a ONG.

A equipe informou ainda que uma operação foi realizada no local e contou com a participação da Equipe de Perícias Criminalísticas de Bebedouro, além de representantes da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Bebedouro, servidores do Serviço de Vigilância Sanitária, servidores do Serviço de Vetores e Zoonoses e também Promotoria de Justiça.

Veja baixo mais imagens da denúncia:

Outro lado 

A reportagem do Grupo Thathi entrou em contato com a vereadora Mariangela para se pronunciar a respeito do caso, entretanto não obteve retorno. A matéria será atualizada quando houver respostas.

Nenhuma postagem para exibir