Sob suspeita: menina de nove anos é encontrada inconsciente e morre após atendimento médico na Santa Casa de Franca

Uma das hipóteses é suicídio, mas durante atendimento médico foram encontrados indícios de abuso sexual

Imagem Ilustrativa - foto: Arquivo Thathi

Uma menina, de nove anos, foi encontrada inconsciente e morreu após o atendimento médico realizado na Santa Casa de Franca, neste domingo (6). As hipóteses é que ela possa ter cometido suicídio e que também era vítima de abusos sexuais.

A violência foi constatada durante o atendimento médico realizado em Ipuã, cidade em que reside a família, na qual os profissionais identificaram marcas e uma dilatação nas partes íntimas. Um boletim de ocorrência foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de São Joaquim da Barra.

A menina foi encontrada pela família com uma fita amarrada no pescoço, ainda com vida, e outra extremidade na janela. A polícia, estava em patrulhamento pelo local e ouviu os gritos de socorro da mãe.

Então entraram na residência e fizeram o procedimento de primeiros socorros. Em seguida eles a encaminharam para o Hospital de Ipuã e lá os profissionais de saúde acharam as marcas de abusos, mas lesões recentes.

Depois dos atendimentos iniciais a menina foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Franca, mas não resistiu e morreu.

Após o socorro prestado pela polícia, a força voltou à casa e registraram boletim de ocorrência. Há suspeitas de que os pais da criança sejam dependentes químicos. Eles se colocaram à disposição das autoridades para a realização de exames e verificarem a autoria de abuso.

O pai teve seu sangue coletado e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para análise genética. O corpo da criança também foi levado ao departamento. Agora, a polícia civil de Ipuã investigará o caso.

Nenhuma postagem para exibir