Scanner do CPP de Jardinópolis mostra celular introduzido no anus de um detento

O caso veio a público nesta quinta-feira (6)

Viatura da Polícia Civil - Foto: Divulgação

Agentes do Centro de Progressão Penitenciário (CPP) de Jardinópolis encontraram um aparelho celular introduzido no ânus de um detento. A descoberta foi feita após os detentos serem submetidos a um scanner corporal. A Polícia Civil foi notificada sobre o caso nesta quarta-feira (5).

Até o momento o que se sabe é que uma denúncia anônima foi feita e então os agentes penitenciários submeteram todos os detentos a um scanner corporal. Durante o processo, em um dos detentos, as imagens apontaram que ele tinha um celular introduzido na região anal.

O homem foi encaminhado à cadeia para cumprir a pena em regime fechado. O celular foi apreendido e levado para a Delegacia da cidade.

Nenhuma postagem para exibir