Rave da epidemia em Ribeirão Preto é cancelada com a intervenção de uma força-tarefa

O evento com 20 atrações foi divulgado em rede sociais

Rede social
Continua depois da publicidade

Em atendimento e apoio ao Ministério Público Estadual, uma força-tarefa com equipes da Guarda Civil Metropolitana, Polícia Militar e Vigilância Sanitária se deslocaram até uma chácara no bairro Recreio das Acácias, zona Sudeste de Ribeorão Preto, para impedir a realização de uma festa rave divulgada via redes sociais com o nome Trance Epidemia, com início neste sábado (26) e o término previsto para o domingo (27) à noite.

No local, havia cerca de 1500 pessoas, que foram orientadas a se retirarem, o que foi acatado sem resistência e, na diligência, foi identificado o organizador do evento.

Com o perímetro já vazio, foi utilizado o K9 Black por toda a extensão da chácara e localizados por ele 11 cigarros de maconha já enrolados e prontos para o consumo, uma pequena porção da mesma droga ,além de uma porção de haxixe.

Os entorpecentes apreendidos foram apresentados no registro da ocorrência na Central de Polícia Judiciária.

O inquérito será encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPE) para abertura de processos civil e criminal.  

Eventos com aglomerações estão proibidos na fase vermelha, atual classificação de Ribeirão Preto no Plano São Paulo até neste domingo (27).  

Na fase amarela, a partir desta segunda-feira (28), shows com pessoas em pé que provoquem aglomeração, também estão proibidas.

Nenhuma postagem para exibir