‘Princesinha do Crime’ se entrega na DIG de São Carlos

Maria Angélica da Silva é acusada de participar de dois assaltos na cidade

Viatura Policia Militar
Imagem ilustrativa de uma viatura da Polícia Militar - Foto: Lúcio Mendes
Continua depois da publicidade

Maria Angélica da Silva, conhecida também por ‘Princesinha do Crime’, se entregou na DIG de São Carlos, na manhã desta terça-feira (9), acompanhada de sua advogada, Luiza Helena Sanchez.

Maria Angélica é investigada por um crime ocorrido no dia 15 de janeiro. A vítima, de 29 anos, informou que conheceu a ‘Princesinha do Crime’ através do Tinder, marcando um encontro presencial com a mesma e sendo roubado por ela e um outro parceiro de crime.

No assalto, o autônomo foi levado como refém e obrigado a entregar o celular e a carteira contendo R$ 170,00, além de ter perdido o carro para os criminosos.

Uma outra vítima, que trabalha como motorista de aplicativo, também reconheceu Maria Angélica, que deve ser julgada nos próximos dias.

Nenhuma postagem para exibir