Por latido de cachorro, homem agride irmã e a própria mãe

Homem foi acordado pelo barulho do cão e partiu pra cima de familiares; ele acabou preso

Foto: Viatura da Polícia Militar - Foto: Lúcio Mendes

O latido de um cão foi o estopim para que um homem de 31 anos agredisse sua mãe, uma senhora de 62 anos, e sua irmã, de 37 anos. O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (1º) em São Carlos e o homem acabou preso.

De acordo com o relato de policiais militares que atenderam à ocorrência, o homem é usuário de drogas e estava em casa, dormindo, na manhã desta quinta. A irmã dele chegou ao local acompanhada de um cachorro, que começou a latir dentro da casa.

Os latidos acordaram o autor das agressões, que deixou o quarto e começou a discutir com a mãe e a irmão. Ele disse que queria dormir e, como o cachorro intensificou os latidos, ele partiu pra cima das mulheres, agredindo ambas com socos.

Mais agressão

O homem chegou a se armar com uma barra de alumínio, que usou para bater nas mulheres. A idosa chegou a ser atingida no rosto, sendo que o golpe causou hematomas na face.

A Polícia Militar foi chamada e prendeu o homem em flagrante por violência doméstica. A mãe afirmou que ele é usuário de drogas e que já fez ameaças a ela em outras oportunidades.

O homem responderá pelo crime preso e foi encaminhado ao Centro de Triagem da cidade. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investigará o caso e, se condenado, ele está sujeito a uma pena de até três anos de prisão, já que o crime de lesão corporal é enquadrado na Lei Maria da Penha.

Nenhuma postagem para exibir