Polícia procura homem envolvido em tentativa de assalto contra moradora na zona Oeste de Ribeirão Preto

A mulher, que estava junto do filho ainda criança, resistiu ao assalto e não perdeu seus objetos para o criminoso, mas a atitude não é recomendada pela polícia

Imagem ilustrativa da delegacia da Polícia Civil - Foto: Lucio Mendes

A Polícia procura por um homem suspeito de participar na tentativa de assalto contra uma mulher e seu filho ainda criança na tarde deste sábado (24), no bairro Vila Monte Alegre, localizado na zona Oeste de Ribeirão Preto. 

De acordo com o que foi informado, a mulher estacionou seu carro na frente de sua residência e foi ao banco do passageiro pegar um pertence, momento em que o assaltante passa de moto e dá meia volta, parando em frente ao veículo estacionado. 

O assaltante então parte na direção da mulher e tenta pegar sua bolsa, mas, mesmo sendo puxada de forma violenta pelo braço, a mulher resiste, e o suspeito desiste e foge do local, enquanto a criança assiste a cena da calçada. 

A polícia já identificou a placa da moto do sujeito, e investiga a participação do assaltante em outros roubos pelo bairro. 

Porquê não reagir ao assalto

O delegado Nilton Boscaro, em entrevista ao portal de notícias G1, explica sobre a importância das vítimas em não reagir durante uma tentativa de assalto. 

“A polícia recomenda que o cidadão não reaja a nenhum tipo de violência, já que você pode estar sendo até uma vítima de homicídio. Então, nessa situação que você for vítima de assalto, não reaja. Porque você não sabe se a pessoa está sozinha ou se existe mais comparsas e aí, de repente, você vai acabar se preocupando com uma pessoa, e as demais podem fazer algo mais grave”, explica Boscaro. 

“A polícia orienta a pessoa a entregar o seu pertence. O melhor sempre é não reagir a assalto”, conclui. 

Nenhuma postagem para exibir