Polícia prende homem acusado de matar a ex em motel

Crime ocorreu no fim de semana e suspeito estava foragido; ele foi preso e está sujeito a 30 anos de prisão

Motel onde o corpo da jovem foi localizado - Foto: Portal Morada

A Polícia Militar prendeu, nesta segunda-feira (31), o homem apontado como assassino da ex-mulher, em crime ocorrido durante o fim de semana em Araraquara. A vítima foi morta em um motel da cidade. Ciúme teria sido o motivo.

O suposto autor, Everton da Silva Deodato, 37, é ex-companheiro da vítima, Aline Cristina Rosa Deodato, 36, e apareceu como suspeito logo no início das investigações.

De acordo com as investigações, Aline e Everton chegaram juntos ao motel, em um carro dirigido por motorista de aplicativo, e pediram um quarto.

Minutos depois, as imagens do sistema de segurança mostram o suposto autor saindo da área livre do motel e pulando um muro. Ele aparentava tranquilidade.

Último suspiro

Aline Deodado, 36, foi encontrada morta em motel de Araraquara – Foto: Redes Sociais

A mulher foi encontrada alguns minutos depois por funcionários do motel com diversas perfurações de faca pelo corpo, especialmente no pescoço e abdome.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar foram chamados. A mulher foi atendida, mas não resistiu aos ferimentos.

Everton foi levado para Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara e houve protesto, capitaneado por familiares, que pediram por Justiça. Ele foi enviado ao sistema prisional e irá responder pelo crime de feminicídio, estando sujeito a uma pena de até 30 anos de prisão.

Nenhuma postagem para exibir