Polícia Militar salva criança de 8 anos que estava engasgada

Criança tem hidrocefalia e teve que ser levada para a UBDS do Quintino Facci II, pois a unidade de saúde do bairro Cristo Redentor ainda não foi inaugurada

Uma menina de 8 anos, com hidrocefalia, engasgou na madrugada desta terça-feira (30) e foi socorrida por dois policiais militares que faziam patrulhamento no bairro Cristo Redentor. Segundo relato de um dos cabos, a criança ficou por cerca de 20 minutos sem respirar, pois teve que ser levada à UBDS Norte, no Quintino Facci II, já que a unidade de saúde do local não foi inaugurada.

Durante o trajeto, dentro da viatura policial, foi realizada reanimação cardíaca para ressuscitar a menina, que conseguiu voltar após o apoio dos plantonistas, ao chegarem na UBDS no Quintino. A criança foi encaminhada ao Hospital das Clínicas Unidade de Emergência e está respirando com ajuda de aparelhos em estado grave.

Segundo o pediatra Gilberto Soares Gaspar, ficar sem oxigenação por 20 minutos pode trazer graves consequências. “O paciente pode ter sequelas motoras ou até intelectuais, podendo ser permanentes. Sem oxigenação, alguns neurônios podem ser afetados. Tem pessoas que tem hidrocefalia e estão com o cérebro bem, se foi feito diagnóstico precoce e corrigido rápido. Do contrário, pode já haver um certo comprometimento”, fala o médico.

A mãe da menina conta que foi a primeira vez que passou por essa dificuldade, pois não tinha uma unidade de saúde próxima funcionando. Ela ainda afirmou que acionou o 190 por saber que eles fazem patrulhamento no bairro e que a ação deles foi essencial para a sobrevivência da filha. “Cada minuto é precioso para ela”, diz a mãe.

O Grupo Thathi entrou em contato com a Prefeitura e em nota, a Secretaria Municipal da Saúde informou que a Unidade Básica de Saúde do bairro Cristo Redentor será inaugurada em setembro. E ainda informou que o processo seletivo para a contratação da equipe de profissionais, que atuarão na unidade de saúde, aconteceu no fim de semana passado.