Polícia Federal deflagra décima fase da operação que investiga roubo a banco em Araçatuba

Na manhã de hoje, Policiais Federais estão cumprindo 05 mandados de prisão temporária, 08 Mandados de Busca e Apreensão e 04 Mandados de identificação criminal.

Viatura da Polícia Federal durante operação - Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça feira, 21/06, a 10ª fase da operação destinada à investigação do violento roubo praticado na cidade de Araçatuba/SP no início da madrugada do dia 30/08/2021 em prejuízo das agências bancárias da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Na manhã de hoje, Policiais Federais estão cumprindo 05 mandados de prisão temporária, 08 Mandados de Busca e Apreensão e 04 Mandados de identificação criminal.

Estão sendo cumpridos 02 (dois) Mandados de Busca e Apreensão na cidade de São Paulo/SP com o apoio da Polícia Militar (ROTA), 02 (dois) na cidade de Agudos/SP, 01 (um) em Indaiatuba/SP e outros 03 (três), com o apoio do BAEP, na cidade de Campinas/SP.

Quatro dos investigados presos hoje participaram do violento crime fornecendo estrutura logística aos demais integrantes da organização criminosa, inclusive emprestando uma propriedade rural para servir de ponto de apoio para a consecução do roubo. Não se descarta, também, que dois deles tenham participado diretamente da ação criminosa em Araçatuba.

O outro investigado preso hoje está intimamente entrelaçado com os principais executores do crime, que já se encontram presos, e também é possível que tenha estado presente na área central da cidade de Araçatuba/SP (local das agências bancárias), atuando diretamente no roubo praticado.

A identificação dos investigados e as condutas praticadas por cada um deles decorre da perseverança da Polícia Federal na completa elucidação do crime. Após análises e confrontações de todos os elementos e indícios colhidos, esses indivíduos foram identificados e presos na data de hoje após representação da PF junto à Justiça Federal em Araçatuba/SP.

Embora já percorrido um longo caminho, os trabalhos investigativos continuam e a Polícia Federal se mantém na busca incessante na identificação e responsabilização criminal de todos os envolvidos nos violentos atos.

Com a 10ª fase deflagrada hoje, a PF já prendeu 43 investigados e cumpriu 95 mandados de busca e apreensão.Dos 5 mandados de prisão, 4 foram cumpridos. Um deles não foi encontrado e a partir de agora é considerado foragido da Justiça. Na casa do não localizado foram apreendidos aproximadamente 60 mil reais e uma pistola calibre .380.

Nenhuma postagem para exibir