Polícia Civil prende quadrilha especializada em furtos de veículos em cidade da região

No total, 3 homens foram presos; veículos furtados eram vendidos em Ribeirão Preto

Objetos apreendidos que supostamente seriam utilizados para furtar veículos - Foto: Divulgação

Policiais civis, com apoio de policiais de outras Unidades, prenderam em flagrante, no final da manhã desta terça-feira (10), três homens, de 27, 34 e 47 anos, suspeitos de terem realizado, ao menos, seis furtos de veículos efetuados nas proximidades de hospitais da cidade de Barretos.

O trabalho da polícia começou há cerca de um mês, e durante a investigação foi possível identificar que os furtadores utilizavam um veículo VW/Gol para apoiar a prática dos furtos. Também se verificou que eles tinham preferência por veículos Fiat/Palio, sendo que dos seis furtos já esclarecidos, cinco se referiam a veículos desta marca e modelo.

Durante o monitoramento, apurou-se que a quadrilha procurava veículos de interesse nas regiões hospitalares e, ao localizarem o carro desejado, um dos integrantes destrancava o veículo, abria o capô e fazia a substituição do módulo de ignição do carro. Em seguida, com o carro já destrancado, um segundo integrante ingressava nele, dava partida com o auxílio de uma chave eletrônica e levava o veículo, vendendo-o na região de Ribeirão Preto e Sertãozinho – nesta última cidade, residiam os furtadores.

Prisão

Diante disso, os investigadores passaram a efetuar diligências com vistas a localizar o veículo utilizado pelos furtadores como apoio para os furtos. No final da manhã de hoje, após localizarem um veículo com características semelhantes, resolveram abordá-lo.

Durante a revista no automóvel, os policiais civis localizaram uma chave eletrônica utilizada para dar partida no veículos, chaves de fenda utilizadas para abrir a porta e o capô, além de cinco módulos eletrônicos, sendo que quatro deles estavam escondidos em um compartimento secreto no painel do veículo.

Os investigados foram presos pelo crime de associação criminosa, uma vez que foram flagrados reunidos para a prática de furtos. Além disso, eles foram indiciados por seis furtos qualificados de veículos, sendo todos encaminhados à Cadeia Pública de Colina, onde permanecem à disposição da justiça.

Nenhuma postagem para exibir