Policia Civil prende agente penitenciário investigado por entregar drogas e celulares para detentos do CPP de Jardinópolis

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) foi comunicada sobre o andamento da investigação

Cinta elástica com maconha/Apreensões na residência/DivulgaçãoPolícia Civil

Policiais civis de Jardinópolis prenderam na manhã deste sábado (4) um agente penitenciário, 45, sob suspeita de entregar drogas e celulares para detentos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) instalado no município.

A investigação teve início há dois meses.

O agente foi flagrado com quatrocentas gramas de maconha em uma cinta elástica, quando deixava a residência para iniciar jornada de trabalho no presídio e, de imediato, assumiu a prática criminosa.

Ele é investigado também por fazer parte de organização criminosa, corrupção passiva e tráfico de drogas.

Na revista domiciliar foram apreendidos R$ 6 mil em dinheiro, mais porções de entorpecentes, celulares, balança de precisão e anotações das atividades ilícitas.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informada, colaborou com a investigação.

Nenhuma postagem para exibir