Polícia Civil de Ribeirão investiga caso de estupro contra menina de 5 anos

A mãe de uma menina de cinco anos procurou Polícia Civil de Ribeirão Preto nesta terça-feira (14) para denunciar que a filha relatou ter tido a vagina tocada pelo avô paterno. Segundo Boletim de Ocorrência, o caso teria acontecido no último sábado (11), em Uberlândia (MG), onde o suspeito mora.

Ainda de acordo com o relato feito às autoridades, as duas estariam na cidade para visitá-lo no fim de semana. A informação é de que, durante o passeio, um tio da criança teria a levado para comer lanche. Depois disso, a mãe teria dado banho na menina e não percebido nada fora do normal.

A mãe afirma que a menina contou sobre sobre os possíveis abusos ao sair de Uberlândia e ao chegar em Ribeirão. No momento de um outro banho, ela teria relatado dores nas partes íntimas e falado que o avô tinha “mexido” no local.

Ela passou por atendimento no Hospital das Clínicas, confirmou a informação aos psicólogos da unidade e, agora, deve passar por exames no Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado como estupro de vulnerável consumado e é investigado.