Polícia ambiental apreende 56 aves silvestres irregulares em residência de Araraquara

Das aves apreendidas, 53 foram devolvidas ao habitat natural

Divulgação/Polícia Ambiental

A Polícia Militar Ambiental, após a realização de uma denúncia na tarde de ontem, terça-feira (30), apreendeu 56 aves em condições irregulares dentro de cativeiro em uma residência na cidade de Araraquara, município localizado à 91.5 quilômetros de Ribeirão Preto.

De todas as aves apreendidas, apenas duas apresentavam anilhas de identificação. Questionado sobre os animais, o indivíduo responsável afirmou não ser criador, estando então todas as aves irregulares.

Diante dos fatos, o infrator foi autuado administrativamente, e responderá pelo crime em liberdade. Das aves apreendidas, 53 foram devolvidas ao seu habitat, sendo que as demais ficarão depositadas na sede do Pelotão para posterior destinação, pois duas estão anilhadas e uma não é endêmica do Estado de São Paulo.

Denúncias

Caso você presencie maus-tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos – como abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, etc, vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800 61 8080 (gratuitamente) ou pelo email linhaverde.sede@ibama.gov.br. O IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) as encaminhará para a delegacia mais próxima do local da agressão.

Nenhuma postagem para exibir