Pintor morre dentro de caixa d’água em Franca após um mal súbito

Vítima foi identificada comoJosé Luiz Cardoso Carrijo, de 59 anos. Trabalhador estava pintando interior da caixa, quando teria passado mal.

Bombeiros chegam, mas já era tarde demais - Divulgação/Redes Sociais

Um pintor de 59 anos, acabou morrendo enquanto trabalhava dentro de uma caixa d´água vazia. O fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (12), dentro da caixa d’água da Escola Amélia Rodrigues, no Jardim Cambuí, em Franca.

Segundo testemunhas do local, o trabalhador estava realizando a pintura no interior da caixa, quando um deles, o amigo do Rafael (que estava dentro da estrutura), passou mal.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e com equipamentos para salvamento em altura conseguiu resgatar o homem. Ele foi encontrado inconsciente e amarrado a uma corda.

A causa da morte talvez tenha sido a intoxicação causada pelo cheiro da tinta no interior da caixa. A perícia esteve no local e o caso continua sendo investigado pela policia civil.

Declaração da Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Franca lamentou o falecimento do pintor e manifestou condolências à família.

Também informou que a creche do Jardim Cambuí é gerenciada por entidade parceira, através de termo de colaboração com a Prefeitura e que o serviço de manutenção do prédio foi contratado pela própria entidade.

A Secretaria da Educação, por meio da Comissão de Monitoramento de Creches, já está apurando os fatos.

Nenhuma postagem para exibir