Pai encontra filho morto na porta do quarto; homem levou facada no peito

Vítima trabalhava como servente de pedreiro e morava no Aeroporto III, em Franca

Seccional de Franca - Foto: f3 Notícias

Alzemir Otto Rosa, 50, morreu após levar facada no peito. A vítima foi ferida fora de casa e após ter sido atingida, entrou na residência dos pais. O crime aconteceu por volta das 13h30 desta sexta-feira (7), no Jardim Aeroporto III, em Franca.

O pai de Alzemir ouviu barulhos e chegou a ir até o filho, porém ele não respondia. Foi então que ele notou que o homem não se mexia e chamou socorro do Samu. O serviço de atendimento foi até o local, mas não foi possível salvar a vítima.

O servente de pedreiro era solteiro e morava nos fundos da casa da família, em um quarto. “Estava em uma escada, quando vi que ele abriu o portão e entrou rápido, parecendo que estava derrubando tudo na sua frente. Chegou a abrir a porta do quarto, mas ele caiu de costas e não se mexeu mais”, relatou o pai da vítima, de xxx anos. “Ele chegou a falar alguma coisa e depois ficou quieto”, disse o pai do servente.

A Polícia Militar foi acionada e fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado. Policiais civis do 4º DP também estiveram no local e investigadores da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) vão conduzir apuração para identificar o autor do assassinato.

Perícia

A perícia criminal fez levantamento de pistas no local onde o corpo estava. A arma utilizada no crime ainda não foi encontrada. A família da vítima chegou a jogar água onde estava o corpo para lavar parte do sangue que ficou no chão. O recomendado pelas autoridades policiais é que testemunhas nunca alterem a cena do crime até a chegada da perícia.

Em primeiro depoimento, um parente de Alzemir comentou que não sabe de alguma rixa ou desafeto que ele tinha. O pai da vítima comentou aos policiais que o homem era usuário de drogas e, às vezes, não dormia em casa.

Entre janeiro e junho, Franca já registrou oito assassinatos, de acordo com estatística da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública.

Fonte: f3 notícias

Nenhuma postagem para exibir