Pai e filho são indiciados por roubo de relógios de luxo em Ribeirão Preto

Dupla de Taboão da Serra (SP) agiu em assalto na porta de escola em agosto deste ano

Pai e filho foram indiciados na manhã desta quinta-feira (24) em Taboão da Serra (SP) durante a Operação Ostentação, que investiga o roubo de relógios de luxo em Ribeirão Preto (SP).O filho está preso e o pai, foragido. 

A Operação foi realizada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigações Gerais de Ribeirão Preto (DIG), com apoio do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) de Taboão da Serra.

Os dois eram investigados há dois meses e são suspeitos de envolvimento no roubo de um relógio de luxo ocorrido no dia 30 de agosto deste ano em frente a uma escola infantil, no bairro Santa Cruz, zona Sul de Ribeirão Preto. O crime foi registrado por câmeras de segurança e durou cerca de 10 segundos.

A mãe deixava a filha no local, enquanto a avó estava ao volante do veículo Porsche. O ladrão se aproxima e toma o relógio do pulso da vítima, fugindo em seguida. Ninguém se feriu.

A investigação apontou que o homem, de 47 anos, preso nesta quinta-feira, alugou um carro para perseguir as vítimas desde a Avenida Professor João Fiusa até o colégio, na Rua Pedro Bartolomeu.

O filho dele, de 25 anos, que está preso, agiu no assalto usando uma moto. Segundo a Polícia, esse suspeito é integrante de uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios paulista, e estava sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os investigados ostentavam vida luxuosa nas redes sociais. Em uma postagem o filho exibia um rolex no braço em viagem ao Rio de Janeiro (RJ).

A Justiça expediu mandados de busca e de prisão temporária contra os dois suspeitos. Eles foram presos em uma casa no bairro São Judas, em Taboão da Serra e devem ser escoltados para Ribeirão Preto.