Pai de menino que morreu afogado é encontrado morto na mesma represa em Votorantim

O homem estava desaparecido desde que o filho, uma criança de oito anos, foi achado boiando no local no dia 1º

Foto: Arquivo Pessoal

Uma semana após a morte do filho, o corpo de Arisvaldo Lopes, 38, foi encontrado na Represa de Itupararanga, em Votorantim (SP), no último domingo (8). O homem estava desaparecido desde que seu filho, uma criança de oito anos, foi achado boiando no local. O pai do menino sofria de depressão. 

Foi a própria família de Lopes que encontrou o corpo dele boiando na represa, após sete dias de buscas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e, com cordas e um barco, retiraram o homem do local e o encaminharam para o Instituto Médico Legal (IML). Ainda não se sabe as circunstâncias da morte, que deverá ser investigada. 

O rapaz desapareceu desde que o corpo de Gustavo Rafael Lopes, seu filho, foi encontrado. O garoto foi achado na mesma represa, no dia 1º deste mês. A criança chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. Segundo o IML, a causa da morte foi afogamento. 

Investigação 

No dia em que Gustavo foi encontrado, durante as apurações policiais, as equipes de busca identificaram o carro de Arisvaldo nas imediações da represa. No interior do veículo havia vestimentas do rapaz e a chave estava na ignição. Além disso, para tentar localizar os rastros dos desaparecidos, foram utilizados um drone e um cão da Guarda Civil Municipal de Itupeva.

Além disso, uma pedra de aproximadamente 50 centímetros de diâmetro, que era usada para bloquear a passagem de carros até a represa, foi removida do local.

Arisvaldo Lopes deixa uma esposa e outro filho de 20 anos.

Nenhuma postagem para exibir