Operação da Polícia Civil de Ribeirão Preto prende três suspeitas por crime de extorsão contra idosos

Segundo a investigação, as vítimas eram abordadas em estacionamento de supermercados e varejões localizados em Ribeirão Preto e região; extorsões causaram R$ 26 mil de prejuízo aos idosos

Foto: Rede social

A Operação Predadoras, realizada pela Polícia Civil de Ribeirão Preto nesta quinta-feira (19), prendeu três mulheres pelo crime de extorsão contra idosos em Ribeirão Preto, Barrinha e Jaboticabal.

Os crimes aconteciam dentro do estacionamento de supermercados e varejões de Ribeirão Preto e região. “Uma delas vinha para Ribeirão Preto, abordava idosos homens em estacionamento de supermercado, de varejão, e pedia carona, as pessoas ficavam com dó, e acabavam dando carona”, afirmou a delegada Ana Cristina Nucci ao explicar o processo inicial do crime. 

Segundo ela, no meio do trajeto, já dentro do carro com o idoso, a criminosa passava a ameaçar a vítima. “Se a vítima não comprasse o que ela queria, ou não transferisse dinheiro para ela, ela ia fazer um escândalo, ia tirar a roupa, ia rasgar a roupa, ia se filmar, postar nas redes sociais e dizer que havia sido estuprada”, completou. 

Ao todo, as criminosas arrecadaram um total de R$ 26 mil com extorsões aos idosos.

Prisões

Ao todo, três mulheres foram presas na operação, porém uma detida foi liberada. Ao ser presa, Leticia Gasparini, de 23 anos, negou o crime e afirmou que fazia programa com os idosos.

“Eles me paravam, perguntavam se eu saía, se eu fazia programa e eu falava que sim, e eu também não sou obrigada a vender meu corpo de graça, eles me davam porque queriam”, disse. 

Assista a matéria:

Nenhuma postagem para exibir