Operação da DISE contra o tráfico de drogas em Sertãozinho realiza 10 prisões em flagrante

Operação denominada “A praça é nossa” identificou organização criminosa cujo o lucro mensal é estimado em R$ 75 mil

Viaturas durante a operação nesta manhã na cidade de Sertãozinho - foto: Divulgação

Uma operação conjunta da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) e a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) contra o tráfico de drogas na praça Maria Cândida, localizada no bairro Jardim Alvorada em Sertãozinho, realizou 10 prisões em flagrante e cinco ocorrências envolvendo menores na manhã de hoje, quinta-feira (28).

Após quatro meses de investigações, a operação denominada “A praça é nossa” identificou a organização criminosa, com divisão de tarefas, e alta rentabilidade, estimando-se um lucro de R$ 75 mil mensal.

Três chefes foram presos durante a ação, que contou com 36 policiais civis. Dois gerentes, responsáveis pela logística do tráfico de drogas e o  diretor da organização estão presos temporariamente, dentro do prazo de 30 dias.

“A investigação prossegue no sentido de apreensão de mais drogas, a identificação de outros participantes e até mesmo de fornecedores destas drogas e assim a gente poder encerrar o inquérito policial e responsabilizar estes indivíduos por esses crimes”, afirmou o delegado Rodrigo Leonel Bortoletto, que comandou a operação.

Nenhuma postagem para exibir