Mulheres são flagradas com drogas no ânus e no corpo em visita a penitenciárias da região

Visitantes insistem em introduzir drogas no próprio corpo para entrar nos presídios; elas foram indiciadas por tráfico

Droga retirada do corpo de mulher em visita a penitenciária de Serra Azul - Foto: Divulgação

Duas mulheres foram barradas ao tentarem entrar com drogas nas penitenciárias da região de Ribeirão Preto neste fim de semana.  Em todos os flagrantes, a Polícia Militar foi acionada para registrar boletim de ocorrência. Também foi aberto procedimento interno para apurar o envolvimento dos presos que receberiam os materiais ilícitos nas unidades prisionais.

Na Penitenciária de Ribeirão Preto, uma mulher foi barrada ao tentar entrar na unidade, após o escâner corporal registrar imagem suspeita em seu corpo. O caso ocorreu no domingo (29).

Confrontada com o fato, a visitante solicitou que fosse levada a uma unidade de saúde para a realização de exame clínico, sendo encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento, ocasião em que o médico plantonista retirou de seu ânus um invólucro contendo substância esverdeada análoga a maconha.

Ao final do procedimento, ela foi conduzida a Central de Polícia Judiciária de Ribeirão Preto, onde foi indiciada e irá responder por tráfico de drogas.

Serra Azul

Em Serra Azul, uma mulher foi flagrada tentando entrar na Penitenciária I com maconha escondida em seu corpo.

O flagrante ocorreu por volta das 10h de domingo (29), durante procedimento de revista pelo escâner corporal. A imagem mostrava objeto estranho na região pélvica. Indagada a mulher confessou ter entorpecente introduzido em seu corpo.

Ela foi conduzida a uma sala reservada, onde retirou espontaneamente um invólucro contendo maconha, pesando 74 gramas. Em seguida, a mulher foi levada à delegacia da cidade para o registro de um boletim de ocorrência.

Nenhuma postagem para exibir