Mulher grávida fica em estado grave após ser esfaqueada pelo marido em Ribeirão

Crime ocorreu na madrugada deste domingo (29), no bairro Cândido Portinari; gestante teve ferimentos na cabeça e nas costas e está internada na Santa Casa; suspeito conseguiu fugir

Imagem ilustrativa para o crime de violência contra a mulher - Foto: Marcos Santos/USP.

Após uma discussão, uma mulher grávida de quatro meses foi esfaqueada pelo próprio marido, na madrugada deste domingo (29), no bairro Residencial Cândido Portinari, em Ribeirão Preto. A gestante foi socorrida para a ala de emergência da Santa Casa, já o homem conseguiu fugir levando a arma do crime. 

De acordo com o Boletim de Ocorrência,  a mulher foi agredida com facadas na cabeça e nas costas. Segundo vizinhos, o casal estava junto há pelo menos dois anos e vivenciavam brigas constantes, tendo a vítima sido agredida outras vezes. Os dois têm um outro filho de três anos. 

Desta vez as agressões ocorreram durante uma discussão. O padrasto da mulher estava em casa e ao ouvir barulhos de vidro quebrando, tentou separar a briga do casal. O homem continuou a desferir golpes de faca contra a esposa e depois fugiu. 

A Polícia Militar foi acionada, mas o suspeito e a arma do crime ainda não foram encontrados. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio.

Nenhuma postagem para exibir