Mulher é estuprada e ameaçada de morte por ex-companheiro na região

Vítima foi casada com o autor por três anos, porém o casal estava separado há um mês

Viatura da Polícia Civil - Foto: Rede social

Uma mulher de 37 anos foi estuprada e ameaçada de morte pelo ex-companheiro, identificado pelo vulgo de Capivara, de 36 anos, em Barretos. A vítima foi casada com o autor por três anos, porém o casal estava separado há um mês.

A vítima teria ido na casa do autor um dia antes do crime para fazer café, e ambos tiveram uma discussão causada por ciúmes. Logo depois, os envolvidos se reconciliaram e tiveram relação sexual.

Após o término da relação, o homem expulsou a vítima de casa, lhe ofendendo. Com isso, a mulher pegou seus pertences e deixou o local.

No dia seguinte, o autor teria lhe enviado mensagens pedindo para que a mesma fosse novamente à sua residência para buscar uma cafeteira e um lençol deixado por ela, pois o autor estaria indo para o município de Mirassol.

Ao chegar na casa do autor, a vítima pegou seus pertences e, quando ia deixar a residência, foi surpreendida pelo homem, que afirmou ter mentido, empurrando a vítima na cama com o intuito de ter relações sexuais.

O homem praticou o ato sexual sem que a vítima conseguisse evitar a violência. Após o ato, o autor disse para a vítima que iria lhe matar e lhe esquartejar com uma faca.

A vítima fugiu do local, mas foi perseguida pelo sujeito que a agrediu e destruiu sua cafeteira. Populares que presenciaram o fato tentaram separar a briga, e o homem fugiu do local sem conseguir feri-la.

A mulher disse que, durante todo o período de relacionamento, sofreu agressões e ameaças de seu companheiro. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Nenhuma postagem para exibir