Motorista de aplicativo tenta atear fogo em mulher

Segundo Boletim de Ocorrência, condutor jogou gasolina e acendeu um isqueiro próximo `vítima; caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (8), na zona Leste

Motorista de aplicativo joga gasolina e acende isqueiro próximo À mulher. Foto: Pixabay

Um motorista de aplicativo foi preso por tentar atear fogo em uma mulher, na tarde desta quinta-feira (8), na esquina da avenida Leão XIII com a rua Niterói, no bairro Parque Indústria, zona Leste de Ribeirão Preto. Segundo Boletim de Ocorrência (B.O), o homem teria jogado gasolina na vítima e acendido um isqueiro próximo a ela.

A mulher disse à Polícia Civil que ela solicitou uma corrida no aplicativo para buscar combustível a uma amiga, que teria ficado parada no local do caso. Como a vítima não sabia o endereço exato, o motorista começou a discutir com a moça.

Com a situação, a mulher desceu do carro e não pagou a corrida, que teve o valor de R$ 7. Ela solicitou outro veículo que a levou a um posto para pegar o combustível e ir até a amiga.

Chegando ao local que a amiga estava, o motorista atual foi procurar um objeto para auxiliar no abastecimento, quando o outro motorista chegou e chutou o galão. 

Ainda de acordo com o B.O, em seguida, o homem pegou o galão e jogou gasolina na vítima. O motorista ainda teria acendido um isqueiro perto da mulher, na tentativa de incendiá-la.

O motorista fugiu, mas depois foi localizado a sua residência a partir do número da placa do carro.

Em depoimento, o homem confirmou que jogou a gasolina na mulher, mas que pegou o isqueiro para se defender, pois ela tinha pego uma pedra para atingi-lo. Ele ainda informou que a moça também chegou a arremessar combustível nele.

O motorista foi autuado em flagrante e encaminhado para audiência de custódia. O caso foi registrado como exercício arbitrário das próprias razões e tentativa de homicídio qualificado para investigação da Polícia Civil.