Morre garçom que estava em moto atingida por motorista embriagado

Ele estava na garupa do veículo quando uma Ecosport dirigida por motorista embriagado colidiu na traseira

Morre garçom que estava em moto atingida por motorista embriagado

O garçom Ronaldo Rodrigues de Araújo, 25, morreu em decorrência de uma acidente de trânsito que ocorreu no Anel Viário Sul, no perímetro urbano de Ribeirão Preto, no sábado (11).

Ele estava na garupa de uma motocicleta pilotada por sua mulher, 26, que ficou ferida e segue internada. A colisão foi provocada por um cabeleireiro embriagado. 

Ronaldo estava internado na unidade de emergência do Hospital das Clínicas e morreu na manhã desta segunda-feira (13).

Familiares esperavam a liberação do corpo pelo Instituto Médico Legal para trasladar até a cidade de Remanso, na Bahia, onde o garçom será sepultado.

Ronaldo estava na garupa de uma motocicleta com Joice de Souza Pereira, na noite de sábado, retornando do trabalho.

No registro do boletim de ocorrência, eles foram atingidos por uma Ecosport, dirigida por um cabeleireiro. 

Realizado o teste de bafômetro, foi apontado 0,64 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelo motorista, que confessou aos policiais militares rodoviários ter ingerido três latas de cervejas. 

O cabeleireiro estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida há seis meses.

Ele foi autuado em flagrante sem fiança arbitrada. Na audiência de custódia, a Justiça converteu a prisão em flagrante delito em preventiva. 

O cabeleireiro foi levado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Ribeirão Preto.