Militar aposentado é preso sob suspeita de agredir a companheira

Vizinhos acionaram policiais militares para a ocorrência de agressão no bairro Dom Miele, em Ribeirão Preto

Idosa de "castigo" na chuva - Foto: Rede Social

Policiais militares foram acionados para uma desinteligência na rua Joaquina Engrácia de Andrade, no bairro Dom Mieli, zona Noroeste de Ribeirão Preto, na noite desta segunda-feira (27).

Quando lá chegaram, populares estavam na frente da residência da vítima, uma mulher, 54, e o companheiro, um militar aposentado, 59. Ela apresentava um corte no cotovelo esquerdo e hematomas na região dorsal.

Os vizinhos relataram brigas frequentes entre o casal. Denunciaram ainda, que a vítima é sempre deixada de “castigo” do lado de fora da casa.

Ela foi socorrida pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), e trasladada para o P. S. Central, onde recebeu atendimento e depois foi levada para a Central de Flagrantes. Não foi ouvida em depoimento porque estava medicada e não tinha condições de prestar declarações. Também, segundo consta no BO, apresenta limitações mentais.

O agressor, o marido, teria sido contido por populares, inclusive com uma faca que estava consigo que foi retirada de suas mãos por uma das vizinhas. Ele sofreu um corte no rosto, foi socorrido e preso em flagrante.

A presença de representantes da unidade do Exército na cidade foi solicitada porque o agressor é militar reformado.

Na manhã desta terça-feira (28), ele foi levado para a audiência de custódia no Fórum. 

O Grupo Thathi Acompanha o caso e a matéria será atualizada. 

Nenhuma postagem para exibir