Mentor do assalto à Prossegur, foragido sacou auxílio de R$ 600 e tem direito à segunda parcela

Informação foi divulgada pelo Fantástico, da Rede Globo; mesmo foragido, criminoso sacou dinheiro

Diego Moura Capistrano, mentor do assalto à Prossegur - Foto: Divulgação

Diego Moura Capistrano, apontado pela Polícia Civil como um dos mentores do roubo à Prossegur, que causou prejuízos de R$ 51 milhões à empresa em Ribeirão Preto, conseguiu a liberação do auxílio emergencial do governo federal. A informação foi divulgada pelo Fantástico, da Rede Globo.

A ação ocorreu em 5 de julho de 2016 e deixou dois mortos. Um morador de rua que foi usado como escudo pelos criminosos e um policial rodoviário. Até hoje, apenas R$ 200 mil foram recuperados pela polícia. Quatro pessoas foram presas.

Capistrano consta na lista do Ministério da Justiça entre os 22 criminosos mais procurados do Brasil e é procurado por crime contra o patrimônio, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Segundo o Fantástico, ele já sacou a primeira parcela, no valor de R$ 600, e ainda pode sacar a segunda.

Procurado, o Ministério da Cidadania, responsável pelo filtro, informou que irá analisar o caso para ver se houve pagamento indevido. A Polícia Civil informou que irá apurar o caso.

Nenhuma postagem para exibir