Menino mata homem para impedir agressões na mãe e irmã

O crime ocorreu na cidade de Luiz Antônio

Éder dos Santos foi esfaqueado por um menino de 11 anos/Rede social
Continua depois da publicidade

Éder dos Santos, 34, foi esfaqueado e morreu na noite deste domingo (21) na rua Henrique III, Condomínio Vila Real, em Luiz Antônio.

O autor do crime, um menino, 11, inimputável, desferiu uma facada nas costas da vítima para, segundo testemunhas, defender a mãe e a irmã adolescente.

Segundo depoimento da mulher, que se relacionava com Éder há dois meses, a violência descontrolada do homem resultou na reação da criança, que agiu para impedir agressões que eram infrigidas a mãe e irmã, e atacou o padrasto com uma faca.

Policiais militares foram acionados e no local constataram que a briga familiar culminou no desfecho trágico. O homem caído na calçada agonizando e uma família em estado de choque.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu Éder e o levou para a unidade hospitalar da cidade. Mesmo ferido, enquanto era colocado na ambulância, ele teria proferido ameaças dizendo que, caso recuperado, retornaria para matar mãe e filhos.

Não sobreviveu. O óbito foi constatado pelo médico plantonista.

A Polícia Civil de Luiz Antônio investiga a ocorrência.

O menino foi ouvido, liberado e entregue aos cuidados da genitora, que também prestou depoimento na Delegacia de Polícia da cidade.

Nenhuma postagem para exibir