Por sedex, mãe manda maconha sintética camuflada em salgadinho para filho pagar dívida na cadeia

Entorpecente, conhecido como K4, foi interceptado depois de denúncia anônima

Salgadinho com maconha encontrado pela Polícia - Foto: Divulgação

Agentes de segurança do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Jardinópolis apreenderam, na sexta-feira (16), maconha sintética conhecida como k4. Ao todo, foram flagrados 400 micropontos da droga escondidos dentro de salgadinhos enviados por Sedex pela mãe do preso para quitar dívida com outros detentos.

A descoberta se deu por denúncia anônima, feita por outro detento, que sabia da chegada do entorpecente e alertou as autoridades através de um bilhete. A equipe de segurança da unidade recebeu um bilhete que informava sobre encomenda suspeita, identificando o destinatário. A vistoria ocorreu, inclusive, na presença do preso que receberia o pacote.

Ao ser questionado, o detento alegou que o entorpecente seria distribuído na unidade para quitar dívida de drogas com outros sentenciados, no valor de R$ 600. A direção da unidade prisional registrou boletim de ocorrência e foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade do reeducando que receberia o entorpecente.

Nenhuma postagem para exibir