Madrugada do terror em Araraquara termina com 2 mortos e um ferido

Toda a ação ocorreu na zona Norte da cidade e, até o momento, os responsáveis seguem foragidos da Polícia

Denilson Antônio, uma das vítimas da madrugada do terror em Araraquara - foto: Portal Morada
Continua depois da publicidade

A madrugada desta quinta-feira (14) na zona Norte de Araraquara foi registrada por dois homicídios e uma pessoa baleada. De acordo com relatos de populares para a polícia, todas as vítimas eram usuários de droga e há suspeita de acerto de contas, mas nada foi confirmado.

Leonardo Gabriel Matias, jovem de 19 anos, estava na avenida Valquir Ascenção Ramos Barbieri, no bairro Jardim São Rafael II, quando foi surpreendido por um carro branco. O passageiro disparou diversas vezes, acertando-o. O Samu foi acionado e socorreu a vítima até a Santa Casa, mas o mesmo não resistiu e acabou morrendo no local.

No mesmo momento em que o Samu prestava socorro a primeira vítima, um grupo de jovens se reunia para treinar boxe na esquina da rua Henrique João Baptista Crisci com a avenida José dos Santos Seves, no Parque Residencial Laura Molina, quando novamente o carro branco passou atirando. 

Denilson Santos, de 37 anos, foi baleado na cabeça e acabou morrendo no local. Um outro jovem de 18 anos também foi atingido pelos disparos e foi socorrido para a Santa Casa, onde está internado e não corre risco de vida.

A Polícia Civil, juntamente com a Perícia, estiveram nos locais do crime. A Polícia Militar e a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) intensificaram o patrulhamento na zona Norte da cidade na tentativa de encontrar o carro branco e os envolvidos nos crimes.

O caso foi registrado como homicídio de autoria desconhecida e o caso seguirá em investigação.

*Contém informações de Portal Morada

Nenhuma postagem para exibir