Machão bate em ex, tenta enganar polícia e acaba em cana

Homem ficou revoltado com fim do relacionamento e tentou se passar pelo irmão; ele acabou preso em flagrante

Central de Polícia Judiciária de Franca - Foto: Divulgação

Um homem de 36 anos foi preso, na noite desta sexta-feira (17), em Franca, depois de uma verdadeira confusão na cidade. Teve agressão à ex-companheira, ameaça de morte, mentira para a Polícia Militar e, finalmente, cadeia para o machão.

O caso aconteceu na casa da ex-mulher, no Jardim Luiza, zona Norte de Franca e, segundo a Polícia Militar, foi motivada pelo fim do relacionamento, que durou nove meses. A mulher decidiu, então, expulsar o homem de casa.

Na noite desta sexta, entretanto, a mulher chegou em casa depois do trabalho e encontrou o portão aberto. O homem havia entrado no local e informou que não iria sair mais.

Os dois, então, iniciaram a treta, que terminou em violência física contra a mulher. Com o barulho da briga e das pancadas, vizinhos resolveram chamar a Polícia Militar, que foi até o local.

Ameaça

Ao atenderem a ocorrência, os policiais foram recebidos pela mulher, já que o machão, ao perceber a chegada dos homens da lei, acabou fugindo do local.

Os policiais ouviram da mulher que o ex havia feito ameaças contra ela com uma faca e que chegou a mandar mensagens de áudio para parentes afirmando que iria matá-la.

A PM fez diligência pelas redondezas, e acabou encontrando o autor da agressão. O homem, entretanto, mentiu aos policiais, se identificando como um irmão dele, chegando, inclusive, a apresentar um documento de identidade do parente.

Apesar da tentativa, a história não colou e o homem acabou detido pelos policiais, que o levaram à CPJ (Central de Polícia Judiciária). Ele foi preso em flagrante pela lesão corporal, enquadrada na Lei Maria da Penha, e também irá responder por ameaça e por falsidade ideológica.

Nenhuma postagem para exibir