Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar namorada a facadas em Pontal

Informação é da Polícia Civil; homem responde por feminicídio

Jéssica foi morta pelo namorado a facadas - Foto: Arquivo pessoal

A Justiça decretou, nesta terça-feira (20), a prisão preventiva do suspeito de matar a facadas a namorada Jessica Tatiane da Silva, 28, em Pontal. A jovem foi morta na madrugada de domingo (18).

Tatiane foi esfaqueada e chegou a ser socorrida e encaminhada para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. Populares acionaram a equipe da polícia ao local e o suspeito, que estava com a roupa suja de sangue, tentou fugir, mas foi pego em seguida e preso.

Pedro Henrique Vieira, 24, foi preso em flagrante no dia do crime e transferido para a cadeia de Pradópolis. Agora, deve continuar detido. Vieira responde por feminicídio e está sujeito a uma pena que pode chegar a 30 anos de prisão.

Histórico

Questionado sobre o crime, o suspeito informou que havia discutido com a vítima momentos antes do crime e que não sabia onde teria escondido a faca utilizada no crime.

Segundo relato de familiares à Polícia Civil, os dois iniciaram um namoro há cerca de dois meses e apresentou problemas desde o início. Havia relato de conflitos constantes, segundo a família da jovem.

Apesar dos relatos, o motivo do crime ainda não foi estabelecido. Até o momento, Vieira não indicou advogado, portanto, não pôde se manifestar sobre o assunto.

Nenhuma postagem para exibir