Justiça condena sequestradores de empresário de 74 anos em Ribeirão

Réus tiveram penas que variam de 16 a 19 anos; caso ocorreu na zona Sul da cidade

Sequestradores são apresentados pela polícia depois da prisáo - Foto: Divulgação

Quatro acusados de sequestrar um empresário, 74, em junho do ano passado na zona Sul de Ribeirão Preto, foram condenados pela Justiça.

O idoso ficou seis dias em cárcere privado e foi resgatado pela Polícia Civil em uma chácara na cidade de Jardinópolis. Os sequestradores pediam 500 mil reais de resgate. Por ser diabético, os bandidos compraram remédio e medidor de insulina. O homem não sofreu agressões. 

Os sequestradores foram descobertos a partir das redes sociais e da tecnologia de investigação. Dias antes do sequestro, eles foram na loja de veículos da vítima se passando por clientes. Um dos suspeitos deixou dados pessoais verdadeiros.

Os sequestradores Wanderson Gleister Almeida Gonçalves e Francisco Sousa Araújo Filho foram condenados a 17 anos de prisão. Alexandre Jesus Santos, uma pena de 16 anos e Jonathan Francisco de Carvalho foi condenado a 19 anos de reclusão.

Sentença

A sentença proferida determina que os quatro deverão cumprir as penas em regime fechado. Eles foram presos em flagrante delito.

Luiz Carlos Cordeiro, investigado como informante, foi preso. Mas, segundo a Justiça, foi absolvido por falta de provas.

Ele foi solto e a saiu do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto no mês de março passado,

Nenhuma postagem para exibir