Jovem denuncia marido evangélico por agressão e ameaça de morte em Ribeirão

Casada há três meses, mulher morou com o acusado por três dias; aos agentes, vítima disse que recebeu socos e chutes, além de ter sido advertida a não procurar a Polícia

Uma jovem procurou a Polícia Civil após ter sido agredida e ameaçada de morte pelo ex-marido, durante o final de semana, no bairro Jardim Cândido Portinari, em Ribeirão Preto. Aos agentes, a vítima relatou que recebeu socos e chutes, além de ter sido advertida a não denunciar o agressor. 

De acordo com a mulher – uma estudante , 20, que não teve a identidade divulgada – ela estava casada com o suspeito, que é músico em uma igreja evangélica, há cerca de três meses e morou com o homem durante três dias. 

A estudante contou ainda que o homem chegou a usar um cabide de roupas para passar por seu pescoço. Segundo o relato, o suspeito disse que agrediu a mulher, pois ela teria saído sozinha de casa. 

Além disso, depois das agressões, o homem ainda a ameaçou para que não acionasse a Polícia. 

Um Boletim de Ocorrência foi registrado e a Polícia Civil investiga o caso. 

Nenhuma postagem para exibir