Investigações do Gaeco apontam que 3 PMs atuavam com quadrilha em roubo de caminhonetes em Franca

O crime acontecia em duas frentes, uma sob encomenda de receptadores e a outra com a cobrança de resgate do automóvel

Sirene de uma viatura da Polícia Militar - Foto: Divulgação

Operação denominada GTA, envolvendo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Corregedoria da Polícia Militar do Estado, foi deflagrada nesta terça-feira (27) para recolher provas contra suspeitos investigados por formar quadrilha para roubo de caminhonetes em Franca e na região. A apuração aponta que 3 policiais militares estão envolvidos no esquema.

Os crimes eram praticados a partir de duas frentes. Uma ocorria por conta de encomenda de receptadores de outras regiões e os roubos eram feitos de forma metódica e para atender um pedido específico. Em outros casos, os criminosos roubavam os veículos e cobravam resgate para a devolução.

“Apurou-se que parte dos veículos subtraídos eram ‘encomendas’ e parte era objeto de pedido de resgate para os proprietários dos veículos. Em relação a esta última conduta, no curso das investigações surgiram indícios de envolvimento de três policiais militares, os quais auxiliariam na cobrança do resgate, razão pela qual foi acionada a Corregedoria da Polícia Militar do Estado de São Paulo”, informou o Gaeco, por meio de nota.

Após o período de investigação dos promotores, foi solicitada na Justiça Estadual mandados de busca e apreensão contra 13 alvos , incluindo os três PMs. Também houve quebra do sigilo bancário de alguns dos investigados para se apurar movimentações financeiras que possam indicar o caminho que o dinheiro originado pelo crime organizado percorria.

O balanço final da operação ainda não foi divulgado pelo Gaeco, que contabiliza os documentos apreendidos. Para cumprir todos os mandados, participaram da operação quatro promotores de Justiça, quatro servidores do Ministério Público, bem como 81 policiais militares.

Fonte: F3Notícias

Nenhuma postagem para exibir